Motoristas de caminhão, ônibus e carretas podem fazer reciclagem para evitar suspensão da CNH:

    Medida vale para condutores remunerados que somarem 14 pontos em penalidades. Começou a valer na quarta (1) suspensão de 6 meses para quem estourar 20 pontos na CNH em 12 meses.

    A possibilidade de fazer a reciclagem antecipada vale apenas para habilitados nas categorias C, D e E (caminhões, ônibus e carretas) que tiverem o registro de atividade remunerada em sua CNH. As categorias A e B (motos e carros) não foram contempladas.

    A reciclagem para evitar a suspensão da CNH é baseada em lei de 2016, mas precisava ser regulamentada para ser efetivamente cumprida.

    O conteúdo das aulas será o mesmo do curso de reciclagem já determinado pela legislação federal, explica o Departamento de Trânsito de São Paulo (Detran-SP). A grade curricular abrange legislação de trânsito (12h), direção defensiva (8h), noções de primeiros socorros no trânsito (4h) e relacionamento interpessoal (6h).

    A contagem de pontos vale desde novembro de 2016.

   O período maior de suspensão segue a Lei Federal nº 13.281, que alterou o Código de Trânsito Brasileiro (CTB). A nova contagem vale para infrações cometidas desde 1º de novembro de 2016, data em que a norma entrou em vigor.
 

Podemos te ajudar a preparar um recurso personalizado e fundamentado, basta clicar no link abaixo e enviar seus dados e a notificação de suspensão ou cassação:

 

 

Copyright © Desde 2002 - É proibido extrair ou copiar qualquer conteúdo.